winner_logo__horizontal_l-1mob-1

5 Mentiras Sobre A Fluência em Inglês Que Você Precisa Saber

Aprender uma língua é como aprender qualquer outra coisa na vida: Não importa o quanto você se esforce para achar o caminho correto, sempre acaba acreditando em algumas mentiras sobre o assunto. Você verá a seguir cinco dos maiores mitos sobre a aquisição da fluência em Inglês.

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Aprender uma língua é como aprender qualquer outra coisa na vida: Não importa o quanto você se esforce para achar o caminho correto, sempre acaba acreditando em algumas mentiras sobre o assunto. Você verá a seguir cinco dos maiores mitos  sobre a aquisição da fluência em Inglês.

MENTIRA 1 – É possível Ficar Fluente em Inglês em Pouco Tempo

Não é possível ficar fluente em um idioma ou chegar a qualquer nível de proficiência em poucas horas ou meses. Você conhece algum campão, professor, atleta ou músico que tenha se tornado profissional em poucas horas? Não? Nem eu. Então é preciso parar de acreditar nesses milagres e se esforçar mais para atingir seus objetivos.

Sabemos que é da natureza humana querer resultados rápidos e com o mínimo de esforço possível, basta olharmos para as filas das lotéricas em época de Megasena acumulada. Ficar milionário e falar inglês fluente em um passe de mágica é ilusão. Portanto, não acredite nesse mito.

Mas não se desespere: é possível conseguir se comunicar em inglês em pouco tempo, e sem esse papo de fluência, e sem milagres. Você só precisa aprender as técnicas corretas e estar disposto a se esforçar. Em posts futuros vou te mostrar exatamente como fazer isso. Aguarde!

MENTIRA 2 – Você Precisa Ser Fluente para Aproveitar os Benefícios de Saber inglês.

Isso é uma maluquice que muitas pessoas acreditam. Esse mito faz com que as pessoas desistam ou repitam sempre as mesmas perguntas: “Quando eu vou ficar fluente?” ou “Quanto tempo até eu falar inglês fluente?”.

Não é necessário que você seja fluente em inglês para desfrutar dos benefícios dessa língua. Na minha própria experiência, com apenas três meses de aprendizado, já conseguia me comunicar de uma forma básica com estrangeiros. Com esse mesmo conhecimento consegui melhorar meu emprego passando em testes e entrevistas simples de inglês.

Esses fatos, sozinhos, já representaram grandes mudanças positivas na minha vida. Meu esforço foi recompensado de uma forma que eu jamais poderia ter imaginado. Além disso, o retorno do meu investimento foi maior do que qualquer aplicação financeira poderia ter me proporcionado.

MENTIRA 3 – É preciso morar fora do Brasil para aprender inglês fluente.

Tá bom, vou te confessar que um dia acreditei nesse mito também. Depois que aprendi inglês e comecei a conhecer outras pessoas que falavam fluentemente percebi que não era verdade.

Você pode sim aprender inglês fluente sem sair do Brasil. Morar fora pode acelerar seu aprendizado? Sim, com certeza. Quando você mora fora você ouve, fala e vê as situações, tudo ao mesmo tempo. Além disso, você obrigatoriamente põe em prática tudo aquilo que aprende.

Eu conheço muitas pessoas que jamais saíram do Brasil e falam inglês fluente tão bem, ou até melhor quanto muitos que passaram anos vivendo lá fora. Portanto, não cometa o erro que eu cometi acreditando nisso. É possível!  Você só precisa fazer as coisas certas e se dedicar.

MENTIRA 4 – Não é preciso Estudar  Gramática Para Adquirir Fluência.

Sim e Não. Se você considerar “fluência” como proficiência em todas as habilidades do inglês, a resposta é NÃO. Depende do seu objetivo com a língua. Você com certeza consegue um bom nível de comunicação (verbal) sem precisar estudar especificamente os termos gramaticais. Morando quase 10 anos nos Estados Unidos, conheci muitos americanos que, assim como a maioria dos brasileiros, falam sua língua nativa sem saber explicar as regras gramaticais por trás da mesma. Você pode aprender a usar as estruturas através da conversação, da audição e da leitura.

Mas, é muito importante que você entenda aqui que estamos falando da comunicação verbal e de certa forma simplificada, não escrita. Se você não souber regras básicas de gramática em inglês (eu diria até mais do que básicas) e somente souber falar, você fará como muitos brasileiros e americanos que falam sua língua nativa fluentemente fazem: Falam pelos cotovelos, mas na hora de escrever são um desastre.

Por fim, não esqueça que um dia você pode precisar enviar um e-mail em inglês ou mesmo escrever um bilhete no trabalho e se deparar com um grande problema. Por tanto, defina seus objetivos com a língua e aprenda aquilo que for necessário para atingi-los.

MENTIRA 5 – A pronúncia não é Importante.

Mito criado por quem nunca teve muito contato com falantes nativos da língua inglesa. É óbvio que a pronúncia é importante. Tente ler para um americano um texto em inglês como se você estivesse lendo as palavras em português. Você acha que ele vai entender alguma coisa? Claro que não, porque a pronúncia estará completamente errada.

No início, você não precisa focar em falar perfeitamente as palavras, até porque você não vai conseguir escutar corretamente para poder repeti-las com fidelidade. Isso não significa que você possa simplesmente ignorar a forma correta de falar só porque algum “guru” da internet te disse que pronúncia não era importante.

Morando quase 10 anos nos EUA aprendi bem que às vezes o menor erro de pronúncia pode te deixar em uma situação desconfortável. A pronúncia é muito importante para a comunicação em inglês e jamais deve ser deixada de lado.

Além disso, americanos não são tão flexíveis como nós para entender quando alguém está falando errado ou “quase certo”. Às vezes, por um mínimo erro na pronúncia eles realmente não entendem o que você quer dizer.

Se você gostou deste post e quer saber mais sobre como o inglês pode te ajudar e o que você precisa fazer para conseguir aprender bem sem sair do Brasil, INSCREVA-SE CLICANDO AQUI na minha lista VIP  e receba dicas exclusivas direto no seu e-mail. Seu inglês nunca mais será o mesmo.

Não esqueça de deixar seu comentário com sua opinião sobre este artigo.

See you next time![/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

6 comentários em “5 Mentiras Sobre A Fluência em Inglês Que Você Precisa Saber”

    1. Olá Cleo. Muito obrigado por deixar seu comentário. Fico extremamente feliz em ouvir que você gosta das aulas. Qual tipo de aulas você prefere? Mais focadas na gramática? Temáticas com situações do dia-a-dia? Expressões? Ou todas? Obrigado por deixar seu comentário.

  1. parabens Paulo gostei das suas aulas eu adquiri o inglesbook é muito bom ,mesmo , e o engles para viagem é legal , como nos falaremos sobre o unit state ai livid for ten year en new jersey ,

  2. Olá Paulo! seus videos são muito show. ha algum tempo assisti um vídeo seu onde você indicou um site onde era possível ver um texto e um áudio para treinamento, infelizmente acabei perdendo a anotação exatamente do site. gostaria que você me me dissesse que site era se você recordar claro! agradeço desde já.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.